Seminário analisa desempenho do Brasil na produção sustentável do agronegócio

Ipea promove evento nesta quinta-feira (09) e apresenta estudo que compara o país com outras nações agroexportadoras


O Brasil consegue, de fato, exercer sua vocação agropecuária de maneira sustentável quando comparado a outros países agroexportadores? Para responder essa pergunta, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) realiza nesta quinta-feira (09), a partir das 10h, o seminário Agricultura, Pecuária, Energia e o Efeito Poupa-Florestas: Um Comparativo Internacional. O evento, que contará com a presença do presidente do Ipea, Erik Figueiredo, será no auditório do subsolo do Ministério da Economia, no bloco K da Esplanada dos Ministérios, em Brasília.


O estudo a ser apresentado por José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho, coordenador de Estudos em Sustentabilidade Ambiental do Ipea, analisa alguns indicadores de sustentabilidade e compara o Brasil com Argentina, Canadá, China, França, Alemanha, Índia e Estados Unidos. A pesquisa demonstra, por exemplo, que o efeito poupa-floresta no Brasil é o maior entre os países comparados. Outro indicador refere-se à produção brasileira por unidade de emissão de gases de efeito estufa (GEE), que cresce, em parte, devido ao avanço da mudança tecnológica e aos investimentos em produção de baixo carbono.


A pesquisa também avalia questões como a cobertura territorial com vegetação nativa, redução das emissões de GEE frente às metas estabelecidas internacionalmente, utilização de fontes renováveis de energia e biocombustíveis. Além do presidente do Ipea e do pesquisador José Eustáquio, participará o diretor de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur/Ipea), Nilo Saccaro.


Acompanhe pelo canal do Youtube do Ipea: Agricultura e Pecuária, Energia e o Efeito Poupa-Florestas: um Comparativo Internacional - YouTube


*Com informações do IPEA




18 visualizações0 comentário