Presidente do Corecon-SP se reúne com diretoria da APEJESP

O Presidente do Corecon-SP, Pedro Afonso Gomes, e representantes da diretoria da Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo (APEJESP) se reuniram no dia 10 de junho para discutir temas de interesse dos Economistas que prestam serviços de Perícia Econômico-Financeira para o Poder Judiciário. A reunião aconteceu na sede do Corecon-SP.


Além de Pedro Afonso, participaram do encontro o Presidente da APEJESP, Vanderlei Masson; o Vice-Presidente Técnico do SINDECON-SP, José Marcos de Campos; e a Perita Técnica e Conselheira da APEJESP, Suely Gualano. Atualmente, a organização conta com mais de 90 categorias de peritos cadastrados, dentre eles a dos Economistas, dos Administradores, dos Contadores, entre outros.


“Com a troca de conhecimento entre o Conselho e a Associação podemos compartilhar informações e experiências, dividir o conhecimento, promover a atualização profissional dos peritos e, principalmente, fortalecer a representação desses profissionais junto aos Tribunais, à Secretaria de Justiça e aos demais órgãos do circuito da atividade de Perícia", defendeu o presidente da APEJESP, Vanderlei Masson, que completou: "a importância dessa visita é a reafirmação da parceria entre a APEJESP e o Corecon-SP, buscando o fortalecimento dos profissionais peritos. Sendo a perícia uma atividade multidisciplinar, a colaboração de órgãos especializados, como o Corecon-SP, é imprescindível”.


O Vice-Presidente Técnico do Sindecon-SP, José Marcos de Campos, ressaltou a importância da aproximação das entidades representantes dos Economistas com a APEJESP. “Levando em conta as particularidades da área de humanidades, de onde nascem as Ciências Econômicas, todo conhecimento que pode ser compartilhado deve ser multiplicado. Queremos ampliar a voz dos profissionais que atuam na Perícia para que os Tribunais de Justiça ouçam essas categorias profissionais", argumentou.


A Conselheira da APEJESP, Suely Gualano, falou sobre a luta da APEJESP pela melhoria da remuneração dos peritos judiciais e reforçou a necessidade de contar com o apoio de entidades de classe nesse esforço. "A APEJESP está lutando pela correção monetária da tabela dos honorários da Justiça gratuita. Temos encabeçado essa luta, mas temos encontrado dificuldades. Com as entidades unidas, com certeza conseguiremos ganhar força em prol da valorização profissional na área da Perícia", enfatizou Suely.


Abaixo, as imagens da reunião e uma fala do presidente Pedro Afonso Gomes:







194 visualizações0 comentário