• imprensacoreconsp

Nota Econômica semanal por Carlos Eduardo Junior

PIB de Serviços tem forte queda no 2º trimestre

Praticamente todos os componentes do PIB, seja pelo lado da oferta ou da demanda, sofreram quedas históricas, jamais registradas. A indústria e os serviços colapsaram. O consumo das famílias sofreu queda de 13,5% comparada ao trimestre anterior, que já havia sido ruim. Mas o impacto da Covid-19 afetou sensivelmente a economia brasileira a partir da segunda quinzena de março, quando se expandiu o isolamento social. Os danos tornaram-se muito mais severos em abril, refletindo principalmente no fechamento de mais de 1.000.000 vagas de emprego com carteira assinada. Ao governo, as iniciativas de retomada ainda estão tímidas, há espaço para ações mais ousadas buscando uma rápida retomada da economia, os investimentos voltados para injeção de recursos a empresas permanecem distante no seguimento MPE.


35 visualizações0 comentário