• imprensacoreconsp

Governo paga INSS de R$ 1.567 e anuncia FGTS de R$ 1.045 para 2020



Outro benefício aos trabalhadores inclui o pagamento de até dois calendários do abono salarial PIS/Pasep.


Buscando amenizar os impactos causados pelo novo coronavírus na vida dos brasileiros, o governo federal solicitou junto ao Ministério da Economia a criação de um “pacote econômico” para a contenção da crise.


Em meio às medidas, foram anunciadas duas novidades importantes para quem é aposentado ou pensionista do INSS e para aqueles que trabalham de carteira assinada. Trata-se da antecipação do 13º salário aos segurados do instituto em duas parcelas e uma nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)


Outro benefício aos trabalhadores inclui o pagamento de até dois calendários do abono salarial PIS/Pasep para quem exerceu atividade formal por pelo menos um mês em 2018 e/ou 2019 e recebeu até dois salários mínimos como renda média mensal. 


Antecipação do 13º do INSS


Beneficiários do INSS que recebem até R$ 1.045,00 (um salário mínimo) começaram a receber na última sexta-feira, 24, a primeira parcela da antecipação do 13º salário. O valor corresponde à metade do benefício, ou seja, R$ 522,00. No entanto, somados, os valores chegam a R$ R$ 1.567,50.

A ordem dos pagamentos é feita com base no número final de inscrição e sem incluir o dígito verificador. Confira o calendário para aqueles que ganham até um salário mínimo:

  • Final 2: 27/04;

  • Final 3: 28/04;

  • Final 4: 29/04;

  • Final 5: 30/04.

De acordo com a previsão da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o pagamento da segunda parcela deverá acontecer entre os dias 25 de maio e 5 de junho.

Saque Emergencial do FGTS

O governo federal anunciou uma nova rodada de saques do FGTS para quem possui conta ativas (emprego atual) ou inativas (emprego antigo). O anúncio foi feito durante coletiva, ocorrida no mês de março, e que apresentava as propostas do pacote emergencial. 

O valor inicial anunciado é de até R$ 1.045,00 por conta. Outra novidade inclui o prazo de saque, previsto para começar no dia 15 de junho e terminar em 31 de dezembro. Boa parte dos recursos que será repassado aos trabalhadores advém das quantias represadas no extinto Fundo do PIS/Pasep.

É o que afirmou o atual Ministro da Economia, Paulo Guedes, na ocasião.

“Temos R$ 22 bi do PIS/Pasep, o fundo que nós já chamamos várias vezes. Houve já duas ondas de resgates, primeiro para os proprietários, depois para herdeiros. Nossa ideia é fazer uma fusão com o FGTS, vamos fazer uma reserva desses recursos para, eventualmente, caso os herdeiros apareçam. Se os herdeiros apareçam, os direitos estão mantidos. Feita essa reserva, os R$ 20 bi de recursos que sobrarem será liberado”. Abono salarial PIS/Pasep 2020 Outra medida de mitigação da crise para os trabalhadores inclui o pagamento de até dois calendários em 2020 do abono salarial PIS/Pasep. Quem trabalhou por pelo menos 30 dias de carteira assinada em 2018 e 2019 pode verificar junto ao governo a possibilidade de receber o benefício.  Isso porque o benefício determina que o beneficiário cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • Ter trabalhado de carteira assinada por pelo menos um mês em 2018 e/ou 2019;

  • Ter recebido média salarial de até dois salários mínimos;

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;

  • Estar com os dados atualizados e corretamente informados no Relatório Anual de Informações Sociais.


O valor mínimo pago, por calendário, é de R$ 88,00 e máximo de R$ 1.045,00. O cálculo para os pagamentos utiliza como base o número de meses trabalhados em cada ano base de referência. Confira:

  • 1 mês: R$ 88,00;

  • 2 meses: R$ 175,00;

  • 3 meses: R$ 262,00;

  • 4 meses: R$ 349,00;

  • 5 meses: R$ 436,00;

  • 6 meses: R$ 523,00;

  • 7 meses: R$ 610,00;

  • 8 meses: R$ 697,00;

  • 9 meses: R$ 784,00;

  • 10 meses: R$ 871,00;

  • 11 meses: R$ 958,00;

  • 12 meses: R$ 1.045,00.


Veja também as datas de pagamento para o calendário 2020/2021, tanto para funcionários do setor privado (PIS) e servidores públicos (Pasep):

  • Nascidos em julho: recebem a partir de 16 de julho de 2020;

  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;

  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;

  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;

  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 17 de novembro de 2020;

  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 15 de dezembro de 2020;

  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2020;

  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;

  • Nascidos em março: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;

  • Nascidos em abril: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;

  • Nascidos em maio: recebem a partir de 17 de março de 2021;

  • Nascidos em junho: recebem a partir de 17 de março de 2021.


Para quem trabalha em setor público

  • Final da inscrição 0: recebem a partir de 16 de julho de 2020;

  • Final da inscrição 1: recebem a partir de 18 de agosto de 2020;

  • Final da inscrição 2: recebem a partir de 15 de setembro de 2020;

  • Final da inscrição 3: recebem a partir de 14 de outubro de 2020;

  • Final da inscrição 4:recebem a partir de 17 de novembro de 2020;

  • Final da inscrição 5: recebem a partir de 19 de janeiro de 2021;

  • Final da inscrição 6 e 7: recebem a partir de 11 de fevereiro de 2021;

  • Final da inscrição 8 e 9: recebem a partir de 17 de março de 2021.


*Lembrando que o calendário 2019/2020, atualmente em vigor, teve sua data de encerramento antecipada para o dia 29 de maio.

Fonte: Edital Concursos Brasil

49 visualizações
CoreconSP

Sediado desde 2006 no atual prédio, o Conselho Regional de Economia - 2ª Região - SP – CORECON-SP – conta atualmente com 20 mil inscritos, distribuídos entre a capital e as onze delegacias regionais. 

Email: imprensa@coreconsp.org.br

Telefone: (11) 3291-8700  Telefone: (11) 3291-8701 

Endereço: Rua Líbero Badaró, 425 – 14º. Andar – Centro – São Paulo–SP - 01009-905

Email Newsletter 
Pesquise no site

© 2019  por Econ360 Desenvolvimento de Negócios