CONSELHEIROS ELEGEM PRESIDENTE E VICE PARA A GESTÃO 2022



Presidente do Corecon-SP, Pedro Afonso Gomes


Vice presidente do Corecon-SP, Gilson Lima Garófalo

Durante a primeira sessão plenária de 2022, os conselheiros regionais elegeram Pedro Afonso Gomes para Presidente e Gilson de Lima Garófalo para Vice-Presidente do órgão para o exercício de 2022. Tais dirigentes terão a incumbência de planejar, executar e acompanhar o plano de trabalho do Corecon-SP no ano. Confira o minicurrículo de cada um deles ao final do texto.


A chapa foi eleita por unanimidade, recebendo os votos e o apoio dos demais 10 conselheiros do plenário. Pedro Afonso agradeceu a confiança dos pares e ressaltou o seu compromisso com a transparência da gestão e a expansão das atividades do Corecon-SP em prol dos economistas. “Vamos focar na valorização dos profissionais economistas perante a sociedade, visando ampliar o número e a qualidade dos postos de trabalho disponíveis para a nossa classe no mercado, além de colaborar com o aperfeiçoamento dos nossos associados por meio de cursos e projetos de qualificação profissional nas mais diversas áreas da Economia”, ressaltou o Presidente eleito.


Pedro Afonso sublinhou que o Plano de Gestão 2022 será elaborado criteriosa e estrategicamente – em consonância com o plano de longo prazo construído pelo plenário em 2021 – e que o colocará para aprovação dos conselheiros na próxima reunião, no início de fevereiro, assim como a composição das comissões e dos grupos de trabalho que ficarão responsáveis pela operacionalização do plano. Pedro também destacou que ampliará a participação do conselho de ex-presidentes do Corecon-SP na gestão do órgão, reforçando seu caráter institucional e aproveitando a experiência dos seus membros em prol da eficiência e efetividade das políticas do Regional.


O professor Gilson de Lima Garófalo frisou a importância de se empreender iniciativas voltadas aos futuros profissionais, a fim de tornar a área da Economia cada vez mais atrativa para os jovens economistas. “Nós entendemos que o Corecon tem o objetivo de engrandecer a profissão, abrindo oportunidades para aqueles que estão cursando economia e que logo entrarão no mercado”, pontuou.


Gilson defendeu ainda que o Corecon assuma um protagonismo maior no debate em torno das pautas econômicas no país. “Queremos ter uma presença significativa nas discussões que envolvam os grandes problemas nacionais, fornecendo subsídios que poderão ser avaliados pelas autoridades competentes e contribuindo com a sociedade no sentido de disseminar informações de qualidade”, afirmou o Vice-Presidente.

A eleição para os cargos de Presidente e Vice-Presidente do Corecon-SP acontece anualmente, sempre na primeira sessão plenária do ano, encerrando-se o mandato em 31 de dezembro do ano vigente. Os 12 conselheiros efetivos escolhem dois nomes entre eles para a atribuição de dirigir o Conselho, sendo um como Presidente e outro como Vice-Presidente.


Pedro Afonso Gomes é economista e tem destacada atuação na área de perícia em economia e finanças nos âmbitos judicial, extrajudicial e arbitral. É consultor especializado em recuperação e reestruturação de empresas, além de professor em cursos e workshops para economistas, contadores, administradores, advogados, magistrados, empresários e executivos em disciplina das áreas de Economia, Finanças e Gestão. Pedro Afonso Gomes já foi presidente do Corecon-SP, em 2010, e também presidiu o Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo (Sindecon-SP) entre julho de 2014 e janeiro de 2022.


Gilson de Lima Garófalo é economista com eminente atuação no mundo acadêmico e profissional, sendo professor da Pontifícia Universidade Católica São Paulo (PUC-SP) e da Universidade de São Paulo (USP), já tendo assumido também a coordenação de cursos MBA da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Além da docência, o profissional ainda se destaca pela ampla colaboração em entidades representativas, como o Corecon-SP, a Ordem dos Economistas do Brasil (OEB), a Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) e o Sindicato dos Economistas no Estado de São Paulo (Sindecon-SP), onde ainda é Vice-Presidente de Comunicação, entre outros órgãos.

414 visualizações0 comentário